Roupa Personalizada e Clientes à Medida

Roupa Personalizada e Clientes à Medida

Numa ótica de B2B, desenvolvemos este artigo que nos dará uma visão mais atual da importância de direcionarmos as nossas estratégias de negócio a cada cliente. Na Unifardas fabricamos roupa personalizada, mas também vestimos as necessidades de cada um dos nossos clientes de uma forma totalmente personalizada e segmentada

Com este artigo queremos contribuir para reforçar a visão e as características do cliente moderno, ajudando as diversas empresas a terem também elas um maior conhecimento sobre as tendências de consumo e os comportamentos atuais dos clientes.  

Imagem de clientes a serem vistos à lupa para sere usada no site da Unifardas de modo a mostrar o conceito de roupa personalizada que produzimos

A Revolução do consumidor

Estamos no meio de uma grande revolução; a revolução do consumidor! Os clientes têm um papel preponderante nos destinos das empresas, das indústrias e das diversas organizações. Hoje em dia este poder é atribuído à chamada Nova Economia, reforçada com o aumento da digitalização e com o poder que a Internet confere a cada um de nós. 

De modo a conseguir “abraçar” esta revolução de comportamentos de consumo as empresas terão que aprender a : 

  • Ouvir as dores dos clientes – Os clientes sabem o que querem e estão a exigi-lo. Pretendem um bom serviço, preços justos e ofertas inovadoras. 
  • Estreitar relações com os clientes – Atualmente um dos ativos mais valiosos que uma empresa pode ter são as relações com os consumidores. O valor das relações atuais e futuras com os seus clientes é o valor da sua empresa. 
  • Gerir o valor do consumidor –  Faça-o centrando-se na entrega de valor ao consumidor. Dê aos clientes o que eles querem e não aquilo que pensa que eles querem. Coloque-se nos olhos do consumidor. Uma cultura baseada no cliente é essencial para o sucesso. 
  • Proporcionar uma experiência inesquecível ao cliente –  Com todas as ferramentas existentes hoje em dia, é possível estabelecer uma relação pessoal com cada cliente. Aprenda a controlar a experiência do consumidor  e a efetuar as mudanças necessárias em tempo real. Exemplo disso é o que fazemos na Unifardas. Mais do que roupa personalizada, criamos algo diferenciado para cada empresa, para cada cliente. Mais do que vestuário profissional vendemos soluções que apresentamos tendo em conta as diversas especificidades de cada empresa e cada negócio. 

Roupa Personalizada e clientes à Medida

Nas últimas décadas vimos muitas empresas a tornarem-se muito focadas na aquisição de CRM (customer relashionship management) . Deste modo, tem havido uma grande preocupação  em recolher e analisar dados sobre preferências e comportamentos, no entanto muitas empresas têm-se esquecido de algo muito importante. De que forma os produtos e os serviços que prestam se ajustam à vida dos seus clientes. 

Eis um exemplo simples. Dois compradores dirigem-se a uma superfície comercial à procura de um frigorífico novo. Para o vendedor que os atende, os clientes parecem-lhe idênticos, mas as suas necessidades e contextos são totalmente distintos. O primeiro comprador necessita de um frigorifico porque o seu antigo avariou-se no dia anterior. O seu objetivo é manter os seus alimentos conservados, não querendo perder muito tempo na comparação de frigoríficos. Por outro lado, o segundo procura um frigorifico para a sua casa nova, ainda em construção. Ou seja, dispõe de tempo para comparar características e preços antes de concretizar a compra. 

Se estes dois consumidores forem tratados da mesma forma, esta loja desperdiça grandes oportunidades de negócio. Construindo uma compreensão pormenorizada dos contextos dos consumidores mais comuns, uma empresa poderá encontrar continuamente formas criativas de expandir a sua presença na vida dos consumidores, ajudando-os a poupar tempo e a utilizar os produtos e os serviços de modo mais efetivo e a preencher necessidades complementares. Assim sendo, estes benefícios fornecidos aos clientes, tornam a empresa mais importante na vida dos consumidores, tornando-se a escolha de compra mais qualificada

Com uma realidade cada vez mais online, onde a informação é cada vez mais abundante, as empresas podem ajudar e responder mais facilmente às necessidades dos clientes.  Neste artigo iremos dar o exemplo da Tesco, que usou diversas ferramentas pensadas e desenvolvidas tendo em conta o cliente e como essas mesmas ferramentas iriam criar valor para os consumidores. 

Dê aos seus clientes o que eles querem e não aquilo que pensa que eles querem. Crie uma cultura baseada no consumidor para atingir o sucesso - roupa personalizada e clientes à medida

Imagem para o blog da Unifardas com o assunto roupa personalizada e a importância de conhecer o cliente

O exemplo da Tesco - cadeia de supermercados do Reino Unido

Apesar da euforia inicial, a maioria dos supermercados em plataformas online, tiveram que lutar bastante para atraírem clientes e obterem lucro. No entanto, existe uma exceção brilhante: a Tesco. 

A cadeia de supermercados do Reino Unido, com receitas anuais que ascendem a 19 000 milhões de libras, lançou o seu canal de vendas online, no final de 1996, sendo hoje extremamente lucrativo para a empresa. Em grande parte, o seu sucesso pode ser associado ao conhecimento que a empresa teve ao pensar cuidadosamente o cenário do consumidor típico de um supermercado e de que forma esse cenário poderia ser melhor apoiado através da combinação do ambiente online e das lojas físicas. 

A Tesco pensou que as vendas online poderiam poupar tempo e esforço aos consumidores no que toca ao processo que incluía elaborar listas de compras, deslocarem-se à loja física, selecionar as compras e efetuar o pagamento e trazer as compras para casa. Através das compras online os clientes podem automatizar todo o processo de compras, evitando deslocações e o transporte de sacos pesados. 

Em qualquer negócio os clientes valorizam os benefícios que certo produto ou serviço lhes vai proporcionar. Foque-se nos benefícios  e qual ou quais as vantagens que os clientes vão usufruir ao escolher a sua empresa ou a sua marca. 

Roupa personalizada e clientes à medida - os principios de como prestar um serviço de excelência

A importância que o estudo do comportamento do consumidor alcançou deu origem a cinco princípios operacionais que poderão ser utilizados na gestão da prestação de serviços ao cliente. São eles os seguintes:

  • Forneça a cura para a dor do cliente: As dores do cliente são problemas, que o cliente está a enfrentar. Por outras palavras, são os motivos pelos quais qualquer cliente necessita do seu produto ou do serviço. As dores do cliente precisam ser, muito bem mapeadas e compreendidas por todos dentro da empresa, de forma a fornecer a solução para essa dor. 
  • Desfecho marcante: A maior parte das empresas acredita que o começo e o fim do processo, têm o mesmo peso aos olhos do cliente. Isso é um puro engano. O final é muito mais importante , porque é o que fica na memória do cliente. Claro que é essencial atingir um nível básico de um bom desempenho no inicio do contacto, mas a empresa tem muito mais a ganhar finalizando a experiência do cliente de forma excelente. 
  • Elimine rapidamente as más experiências: A ciência comportamental diz-nos que numa sequência de eventos com bons ou maus finais, as pessoas preferem lidar primeiro com os acontecimentos negativos, deixando para o fim os positivos. Na prestação de um serviço, quer através do processo de venda ou entrega de produto ou até na prestação do serviço puro e duro, os aborrecimentos são as más noticias. A maioria das pessoas prefere que estas lhe sejam comunicadas de imediato. Eliminar aspetos negativos logo que seja possível é muito importante para evitar que se transformem num fator predominante na memória do cliente. 
  • Incentive o compromisso pela escolha: As pessoas sentem-se mais felizes e mais à vontade quando controlam uma parte de um determinado processo. Muitas empresas já aplicam este principio e algumas chegaram á conclusão de que, além de aumentarem a poupança, deixam os clientes satisfeitos. 
  • Crie procedimentos e faça com que os sigam: Os procedimentos são muito importantes. principalmente quando se trata de prestar um serviço após a compra por parte do cliente. Esses procedimentos são utilizados para assinalar momentos cruciais no relacionamento, criar um sentimento de inclusão, agradar aos clientes e obter feedback. Além disso, os rituais acabam por criar um padrão implícito para a avaliação dos serviços prestados. 

Vivemos tempos em que os consumidores estão sujeitos a uma pressão muito forte para tomarem decisões mais rapidamente, correndo cada vez mais depressa. Ao pensar globalmente sobre os desafios que os clientes enfrentam, em vez de apenas naquilo que lhes vai vender, pode encontrar formas de tornar as suas vidas mais fáceis. Isso, mais do que qualquer outra coisa, irá fazer com que ganhe a sua lealdade. 

Nós Unifardas, fabricamos roupa personalizada, mas sobretudo vestimos cada cliente à sua medida, de forma a fornecer-lhe a solução mais indicada para o seu problema.

Os clientes já não querem saber se a empresa avalia os seus próprios produtos como bons ou muito bons. São eles próprios a fazerem isso. 

Partilhe: